...


Foi como ser criança e ter que se mudar de escola...
Deixar amigos, brincadeiras/criações, hábitos, idéias, lugares...
Mas é preciso mudar, chacoalhar, perder o chão de vez em quando...começar tudo de novo.
E todas estas coisas que "ficaram pra trás", quando verdadeiras/Reais, viram tatuagens, lembranças...
...que não carregamos durante todo o caminho, mas que em algum momento, serviram para abrir aquela porta fechadinha do
coração...e que por ter sido aberta, deixou de existir, mas fez aparecer uma outra chave...e é preciso abrir as portas...
sempre, e para sempre!

mudei de casa