Lembrança


...


Foi como ser criança e ter que se mudar de escola...
Deixar amigos, brincadeiras/criações, hábitos, idéias, lugares...
Mas é preciso mudar, chacoalhar, perder o chão de vez em quando...começar tudo de novo.
E todas estas coisas que "ficaram pra trás", quando verdadeiras/Reais, viram tatuagens, lembranças...
...que não carregamos durante todo o caminho, mas que em algum momento, serviram para abrir aquela porta fechadinha do
coração...e que por ter sido aberta, deixou de existir, mas fez aparecer uma outra chave...e é preciso abrir as portas...
sempre, e para sempre!

mudei de casa



Categoria: EraUmaVez
Escrito por Lulu às 14h59
[   ] [ ]




...

Blog Fechado!
Mudança de casa...de cara...de nome...

Mas antes:

Sem pistas que não sejam um coração pulsante

Você volta, mas não volta. Você pensa que voltou.
Ninguém é mais o mesmo.
Essas não são as mesmas pessoas que você deixou aqui.
Essas não são as ruas por onde você caminhava.
Todos parecem ainda estar lá, mas não estão.
Não se pode voltar atrás.
Não se pode seguir de volta os passos dados.
Os pássaros comeram a trilha de pão.
Você tem que lembrar de não entrar na casa de doces.
Mas ela é tão bonita...

Você ouve os sons a sua volta, mas as pessoas caminham por trilhas parelelas que nunca se cruzam.
Você não dorme mais, mas não tem certeza de estar acordado.
A cidade está deserta.
A cidade é um deserto até onde a vista não alcança.
Fantasmas parecem te ouvir, mas só parecem.
Você pensa em voltar para casa, mas não lembra onde fica.
Você pensa na casa de doces, mas não lembra se ela existiu ou você só sonhou.

Você senta esperando a morte à beira do caminho.
Um dia e nada acontece.
Dois e nada acontece.
Três e nada.

Você não sente fome.
(...)
Você não sente sede.

Então tudo faz sentido.
O mundo volta a se mover.
Você está morto como sempre esteve.
Mas agora
Você sabe.

(por Kali)

Mas onde isso te deixa??????



Categoria: PegueiPraMim
Escrito por Lulu às 12h00
[   ] [ ]




...

para ler bem baixinho...
quase que como um sussurro
ou uma paixão que descansa
ou uma saudade que espera...


abriu os olhos, exausta
naquela manhã
de um hj qualquer de uma noite sem sonhos
como que de ressaca

o teto do quarto girava
embora a cabeça estivesse intacta

era o coração que pesava

mto mais do que o corpo pudesse suportar
como se algo contido lá dentro quisesse explodir de um movimento interminável

expansão...
contração...

o ventre já não mais suportava
no entanto a passagem ainda era estreita
aproveitava as contrações para avançar um milímetro arrastando-se por aquele caminho
expandia de novo

vertigem...
consciência...

avistou um pássaro com movimentos frenéticos e sem direção
e ela pensou:

“o que ele está tentando encontrar?”

no entanto
eram tão precisos e seu canto tão apaixonado
que uma coisa mal combinava com a outra
tornando tudo aquilo engraçado

e ela sorriu
pela primeira vez naquele dia de uma noite sem sonhos

...

eu acho que aquele pássaro não existiu
ou talvez ele fosse seu próprio coração expandindo
desesperado
dizendo que:
embora frenético e sem direção
existe um canto apaixonado e preciso
que se perde o tempo todo
por não estar procurando nada
pois em casa
o teto ainda girava e o coração expandia
mas ela aprendera a cantar!



Categoria: EraUmaVez
Escrito por Lulu às 14h16
[   ] [ ]




...

Para (fraseando) Sahid

ignição
eis aqui a minha faísca
olhe bem em meus olhos
pq...
no crepúsculo nada se perde
as coisas apenas (re)nascem
o infinito, o mistério e o caos
bastam para colocar no céu as estrelas
e dissipar a escuridão em mim
em vc!
seu olhar caçador brilha mais que o fogo
por enquanto
aqui fora

lá dentro

arranhamos as portas em busca
daqueles que amamos
daqueles que odiamos
daqueles que não nos percebem mais aqui
masmo quando nos desesperamos querendo voltar
lá dentro

está tudo abafado
as luzes
as vozes
...
mas nada disso importa
pq nós conhecemos o crepúsculo onde nada se perde
e pra isso, general
também não há mais volta



Categoria: EspelhoEspelhoMeu
Escrito por Lulu às 23h25
[   ] [ ]




...

Para Ka-li

"todo o universo
pra gente se perder
não foi suficiente
olha e vê"

para que quando eu descanse, vc não desista
e quando vc desistir, que eu não descanse

das suas, as minhas palavras...

"Eu, eu sou uma parte do seu círculo de amigos
E nós temos notado que você não tem aparecido
Eu, eu penso que isso tudo depende
em você pisar o mesmo chão que nós
Mas, eu paro. Eu desisto.
Nada é bom o suficiente para os outros
é o que parece
E eu paro. Eu desisto.
Nada é bom o suficiente para os outros.
É o que parece

E ficar só
É a melhor maneira de ser
Quando eu estou por mim mesma
É a melhor maneira de ser
Quando eu estou por mim mesma
Ninguém mais pode dizer adeus

Tudo é temporário de qualquer jeito
Quando as ruas estão molhadas
As cores escorrem para dentro do céu
Mas eu não sei porque isso significa você e eu
Isso significa você e...
Eu paro - Eu desisto
Nada é bom o suficiente para os outros
É o que parece
Mas eu paro - Eu desisto
Nada é bom o suficiente para os outros
É o que parece

E ficar só
É a melhor maneira de ser
Quando eu estou por mim mesma
É a melhor maneira de ser
Quando eu estou por mim mesma
Ninguém mais pode dizer adeus

Eu, eu sou uma parte do seu círculo de amigos
E nós temos notado que você não tem aparecido"

(por Edie Brickell)



Categoria: EspelhoEspelhoMeu
Escrito por Lulu às 13h57
[   ] [ ]




...

como diriam os Outros...
veja se me compreende:

alguns chamam de depressão
outros chamam de loucura e inventam até nomes para ela
alguns arriscam algo de impacto: dizem de solidão voluntária





eu chamo de deus!



Categoria: TocaDoCoelho
Escrito por Lulu às 01h02
[   ] [ ]




...

Para minha filha!

Ela gosta de brincar de carrinho...
Juntar um monte de histórias e inventar uma só...
Trocar completamente as bolas, se fazer mãe e me tornar filha...
Ela presta a máxima atenção nas coisas que eu falo...e em tudo!
E talvez às vezes eu deva me calar...
Mas eu não me canso de inventar respostas...
E ela não se cansa de inventar perguntas...
Seguimos criando juntas...
Ela dá demonstrações públicas de Amor...
Pq ninguém ainda lhe disse que ela não pode...
Ela faz birra...começa a impor idéias!
E trata de explicar muito bem explicado!
E eu vou deixando...
Adoro mesmo os argumentos que ela usa...
Ela faz falta...
Eu me sinto mais viva quando estou do lado dela...
É como se me alimentasse
Daquilo que o resto do mundo me afasta!
Ela olha nos olhos...
Da beijinho na boca...
Dorme nos braços...
Entra nos sonhos e
Acorda feliz!
Ela é só uma criança...
E talvez seja isso!



Categoria: EraUmaVez
Escrito por Lulu às 15h13
[   ] [ ]




...

O sexo é o mergulho no oceano fundo de formas, movimento, tato, e vida que o corpo dá em si mesmo, através do outro, em plena terra e com os pés no chão!



Categoria: BemTeVi
Escrito por Lulu às 22h51
[   ] [ ]




...

Quando, por ABSOLUTA PAIXÃO e INDESISTÊNCIA, um cachorrinho-bonsai, prega-se no dojô-ponte, sem saber que itinera. E sem saber que o seu destino, é à entrada do deserto! E daqui, eu posso ver tudo! E é mesmo lindo de se ver! Bruno, colocando-se pelo avesso, concordando e discordando de si mesmo, através de Lulu... Afinal,
Pra que serve mesmo um cachorro?



ps: a imagem é da capa do cd do tristan - chemisphere e foi o bruno que escolheu!

Lulu diz:
Oiê!! conta ai suas descobertas Bruninho...

Bruno diz:
agora que minha cabeça tà voltando ao funcionamento normal

Lulu diz:
percebi... aquele dia vc tava totalmente riponga, que nervoso!

Bruno diz:
num é assim tmb...eu só tava meio lento!

Lulu diz:
só faltou começar a falar sobre kins...tuns e baktuns...e me convidar pra um bailado do Daime!! (gargalhadas) os festivais fazem isso com as pessoas de cabeça fraca!

Bruno diz:
ah, num começa com abobrinhas vai lu! Então, hj eu pensei de novo naquilo... ...deixa eu por a música senão num vô sossegar. então... é mais ou menos assim: eu sei que algum pensador já pensou nisso, só não sei quem foi
(...)
...da impossibilidade do conhecimento...

Lulu diz:
ham

Bruno diz:
é assim: o conhecimento é impossível porque o conhecimento depende de dois tipos de intuição...da intuição de fenômenos determinados e de fenômenos indeterminados ta entendendo?

Lulu diz:
pera.... o conhecimento depende de intuição??

Bruno diz:
tipo...existem duas categorias de conhecimento: o conhecimento de fenômenos que são determinados e de fenômenos indeterminados, exemplo:

Lulu diz:
o que é intuição?

Bruno diz:
é uma premissa, intuição é o primeiro método da filosofia... quer dizer: o pensamento brota do nada!

Lulu diz:
Hum, sei, método... bruno... calma ai... “o conhecimento de fenômenos que são determinados e de fenômenos indeterminados...” tipo...fenômenos experimentados e fenômenos que não se experimentam, se intui por alguma razão, é isso?

Bruno diz:
quase isso.. deixa eu dar exemplos que vc vai se aproximar mais...

Lulu diz:
vai...

Bruno diz:
exemplo de fenômenos determinados: ver alguma coisa! ver algo é um fenômeno determinado...você viu e pronto!

Lulu diz:
ham...

Bruno diz:
fenômenos indeterminados são por exemplo: querer ver alguma coisa!

Lulu diz:
e sentir, não vale?

Bruno diz:
qualquer tipo de sensibilidade que você experimentou, pode ser considerada fenômeno determinado, e sensibilidades que vc ainda não experimentou, são fenômenos indeterminados... por exemplo: a fé de um religioso é um fenômeno indeterminado, porque não é um fenômeno que ele experimentou, mas que quer experimentar..quer uma iluminação!

Lulu diz:
e pq o conhecimento depende dessas duas coisas....ainda não entendi seu raciocínio...

Bruno diz:
por msn é foda...mas vamo lá! eu tô tentando demonstrar que o conhecimento não é possível!

Lulu diz:
vamo ai...

Bruno diz:
então...agora que vem a grande sacada, você vai entender exatamente o que são os determinados e os indeterminados... como nós organizamos esses fenômenos? nós colocamos todos os fenômenos numa linha de organização... os fenômenos determinados nós chamamos de passado e os fenômenos indeterminados nós chamamos de futuro...

Lulu diz:
ou não...mas tudo bem! continua...(vc está falando com vc, mesmo!)

Bruno diz:
quer dizer...por isso que nós podemos saber exatamente tudo que nos aconteceu no passado, é só lembrar, e esse fenômeno que ocorreu hà 1 minuto, ele é determinado no sentido de que não pode mais ser mudado...

Lulu diz:
uhum...

Bruno diz:
e os fenômenos do futuro são indeterminados porque eles serão mudados necessariamente isso é a indeterminação, o fato de podermos mudar eles...

Lulu diz:
perai...

Bruno diz:
e esses fenômenos que nós podemos mudar, nós chamamos de futuro!

Lulu diz:
e daí vc tah partindo do princípio de que o futuro "já aconteceu" mas necessariamente será mudado?

Bruno diz:
não não... o futuro não aconteceu...

Lulu diz:
então pq vc diz que ele será necessariamente mudado?



Categoria: EspelhoEspelhoMeu
Escrito por Lulu às 00h34
[   ] [ ]




...

Bruno diz:
o futuro é o que? ele é o conjunto de fenômenos indeterminados que nós somos capazes de perceber...porque nós vamos passar por ele. será “mudado”, pode ser substituído por será moldado!

Lulu diz:
ah sim! agora sim! eh bem diferente...

Bruno diz:
então...qual foi a origem dessa idéia? peguei a lógica de descartes e ampliei...descartes diz que o mundo não existe somente no eu pensante...eu digo que nem o passado e nem o futuro também devem existir, mas só o pensamento! mas então, porque o conhecimento é impossível? exatamente porque nós não estamos nem no passado e nem no futuro, não estamos nem totalmente no passado pra poder saber de todos os fenômenos determinados e nem totalmente no futuro pra poder dizer que tudo pode ser mudado... o conhecimento nosso é parte determinado, e parte indeterminado... estamos parcialmente no passado e parcialmente no futuro...

Lulu diz:
pois é...num lugar misterioso que se chama presente...

Bruno diz:
saber de tudo seria tornar todos os fenômeno determinados...

Lulu diz:
poxa...de qq maneira vc conseguiu me explicar algo que estou tentando entender há meses...

Bruno diz:
mas então, tem mais umas implicações essa idéia... mas agora entra uma parte que transcende... que a questão de ser deus pode ser considerada uma relação de conhecimento, pode haver alguém que tem conhecimento determinado a respeito de alguns fenômenos que alguns tem de conhecimento indeterminado. por exemplo, alguns sabem como funciona a mecânica de newton, outros não!

Lulu diz:
e mesmo por tempo de vida, né? por vivência...

Bruno diz:
pra uns esses fenômenos mecânicos ainda são indeterminados e pra outros não... quer dizer, ser deus é o saber em relação à outro.

Lulu diz:
daí já não concordo Bruno... pq veja:

Bruno diz:
hum...

Lulu diz:
vc seria deus em relação... e deus não pode ser em relação...

Bruno diz:
pode e é... porque nada deve ser absoluto, mas tudo como relação...

Lulu diz:
mas nesse caso vc seria considerado deus por outro.... e não por si mesmo...o que não ajudaria mto! de que adianta eu te achar um deus, se vc não pode ser deus para si mesmo? o conhecimento apesar de coletivo, é individual...o seu serve pra vc e o meu pra mim...embora mtas vezes o meu e o seu sejam o mesmo, e ai, podemos nos entender...

Bruno diz:
sou uma espécie de deus pra uns e não sou deus pra outros...não preciso relacionar eu comigo mesmo

Lulu diz:
isso não eh questão de ser deus ou não...mas eu entendo o que vc quer dizer...é a tal historinha do pintassilgo e o poço das rãs...vc conhece? a caverna de platão... mas ainda não eh isso bruno! vc vai ver que falta alguma coisa!

Bruno diz:
não... mas então... olha que impressionante, eu não acabei ainda... olha...eu cheguei a conclusão de que é possível chegar num ponto do conhecimento em que você se torna criador de valores, eu não, nietzsche chegou a essa conclusão.. mas eu aprendi! então eu ampliei tmb essa idéia...e olha só:

Lulu diz:
ham...

Bruno diz:
que é possível chegar num ponto do conhecimento em que você se torna não só criador de valores morais, mas se torna criador de valores materiais também, quer dizer, você dita o que é material... porque você tem o conhecimento daquilo que é material!

Lulu diz:
vc cria pra vc mesmo?

Bruno diz:
por exemplo, o físico Bhor disse que o átomo é uma esfera..ele ditou um valor material...

Lulu diz:
ele não disse apenas, ele demonstrou...

Bruno diz:
não não.. você cria pra todos os outros subordinados ao seu status de deus. ele ditou isso pra física, porque ele adquiriu esse conhecimento... sim, mas que são experimentos? os experimentos não falam... ele interpretou os fenômenos... e depois ditou esses valores materiais! mas então, olha só não para por ai... porque é possível ter tanto conhecimento que você cria valores cada vez maiores!

Lulu diz:
e daí? qual a ventagem?

Bruno diz:
é possível criar um mundo a vantagem lu.. é que o sonho de ser deus é possível...

Lulu diz:
mas esse mundo eh real? é possivel criar mtas coisas, bruno...

Bruno diz:
claro que é!

Lulu diz:
pq que eh?

Bruno diz:
porque nós estamos vendo ele agora... estamos sentindo ele...

Lulu diz:
estou falando de um mundo de valores morais e materiais criados por vc!

Bruno diz:
esse mundo aqui foi criado lu...por todos os grandes pensadores! a forma como nós vemos ele foi guiada por idéias... esse mundo foi criado por deuses!

Lulu diz:
a mente humana é poderosa bruno...vc tem que tomar um pouco de cuidado com a empolgação das descobertas, pra não acabar enganado a si mesmo... vc está sugerindo então.... que todas as idéias podem ser quebradas e inventadas outras no lugar?

Bruno diz:
sim.... exatamente!

Lulu diz:
bruninho, qtas vezes eu já te falei isso?



Categoria: EspelhoEspelhoMeu
Escrito por Lulu às 00h25
[   ] [ ]




...

Bruno diz:
nenhuma.
ja parou pra perceber que não existe uma sequer teoria que explique o mundo inteiro...isso que eu to falando!

Lulu diz:
mas é impossível...

Bruno diz:
o que é impossível?

Lulu diz:
eu falei em outras palavras....vc se lembra quando eu dizia que é preciso esvaziar-se...morrer a cada dia?

Bruno diz:
falar em outras palavras é falar outra coisa lu... lu..eu não sei o que você quer dizer com essas palavras, ninguem sabe, só você!

Lulu diz:
vc não sabia bruno, mas agora vc sabe! era disso que eu falava...morrer para tudo o que existe e que foi nos ensinado e criar outras coisas...só que isso me parece impossível!

Bruno diz:
porque?

Lulu diz:
eu estou vendo vc como eu mesma fiquei um dia! mas é impossivel... e vc vai ver que é! vc tah racionalizando demais a coisa!

Bruno diz:
vc tá querendo dizer que é impossível ser deus?

Lulu diz:
eu estou dizendo que é impossível morrer para tudo o que existe, que é imossível desvincular-se de idéias e convenções o tempo todo, vc pode no máximo, ter momentos assim...

Bruno diz:
mas eu não disse isso, vc que tá dizendo!

Lulu diz:
vc disse sim...que nosso mundo é moldado por idéias, e que é possível criar outras...

Bruno diz:
eu digo uma coisa e vc entende outra, isso não tem nada a ver com morrer pra tudo, tem a ver no máximo com matar as idéias existentes...

Lulu diz:
hahahahahah...morrer pra tudo = matar idéias existentes

Bruno diz:
totalmente diferente...como se mata uma idéia existente? é só ter uma melhor!

Lulu diz:
vc tem uma memória ancestral de outras gerações... encrustada em vc, de seus antepassados...no sangue...e vc tem uma memória recente, bruno! anos de condicionamentos...

Bruno diz:
Então!!! eu uso ela pra construir um império de conhecimento, não preciso começar do zero...o conhecimento já começou faz tempo, estamos apenas evoluindo ele...

Lulu diz:
e “vc vai precisar de uma idéia melhor”....e vai perceber, que até mesmo a sua idéia melhor já teve um outro dono! e vai se frustrar quando descobrir isso!

Bruno diz:
como eu disse... ser deus é uma questão de relação entre o conhecimento das pessoas...é só eu adquirir os conhecimentos, as melhores ferramentas...

Lulu diz:
não existem ferramentas, muito menos “melhores ferramentas”. O que é melhor hj, vai deixar de ser amanhã...mas vai fundo bruno!

Bruno diz:
primeiro: tem que saber selecionar quais são os melhores conhecimentos, isso por sí só ja é o resultado de um conhecimento que você tem...
...
Bom, chega por hj!

Lulu diz:
Valeu bru...essa conversa foi foda pra mim!

Bruno diz:
eu sabia que essa idéia tinha potencial! era só uma questão de organização. mas ainda dá pra melhorar muito, eu sei! eu nem cheguei no climax...

Lulu diz:
nem liga para o meu pessimismo...acho que vc tá certissimo!

Bruno diz:
to tentando seguir uma lição que aprendi lendo filosofia... tentando formalizar o pensamento da melhor maneira possível! mas espero que mude bastante ainda... quero ter uma idéia bem diferenciada mesmo, as minhas idéias ainda estão dentro de um raio comum!

Lulu diz:
sim....estão! mas evoluiram MTO de quando te conheci! vou dormir que tenho aula amanhã cedinho, tah?

Bruno diz:
evolução num espaço curto de tempo é um bom sinal!



Categoria: EspelhoEspelhoMeu
Escrito por Lulu às 00h15
[   ] [ ]




...



Humano :
de quem é o texto?

Lulu:
meu

Humano:
CARALHO !!!
a animação tá muito legal... mas o texto tá SENSACIONAL!

Lulu diz:
brigada :)

Humano diz:
caralho... vc entendeu de verdade, tudo!

Lulu diz:
entendi humano, mas não tudo, falta alguma coisa que eu ainda não sei...

Humano diz:
“ De tanto andar na corda bamba...
Como se estivesse à beira do abismo...
Acordou do seu próprio sonho...
E aprendeu a voar...”

o mundo é assim mesmo... é a gente que faz!
a gente vai lá e faz!

Lulu diz:
exatamente, a gente não tem outra escolha, né? Quando tudo já está esgotado,
é a percepção que se tem...se é que isso tbém não se esgota depois...pq a gente ainda não sabe o fim desse “tudo”...

(...)



Categoria: EspelhoEspelhoMeu
Escrito por Lulu às 14h13
[   ] [ ]




...

Humano diz:
ela tem fascínio por tudo que a gente foi descobrindo... tá descobrindo, né?
mas nunca mergulhou...acho eu.
de cabeça...na existência...e deixou fluir...
a galera tem medo meu!!!

Lulu diz:
eu tbém sinto medo...misturado com culpa...
vc não sente culpa às vezes, humano? Isso tem acontecido comigo direto...nos momentos extremos de solidão...sinto tanta culpa cara!
“isso tá errado, eu não posso ficar aqui,
desconhecido! Nunca fale com desconhecidos”
E o próprio sentimento te traz de volta...não te deixa ir de verdade, talvez seja isso que ainda me falta...

Humano diz:
faz muito tempo que não...
não, porque tanto faz!
it is what it is

Lulu diz:
mas tem algo muito bem enraizado ai...

Humano diz:
tudo é do jeito que é lulu... não tenho culpa...
em relação à minha existência, que de verdade, é TUDO no que posso interferir, tento fazer o que percebo como melhor...
mas o resto... são infinitas variáveis envolvidas...
so sorry...mas não é culpa minha...

Lulu diz:
por isso....a gente só tem a gente mesmo como referência...
e não dá pra ser de outro jeito...a humanidade e tudo o que existe já está aqui dentro. Eu sou um outro vc, mas só consigo
ver dentro de vc (que é a humanidade inteira e tudo o que existe), quando vejo isso aqui, dentro de mim mesma (que é a mesma coisa...)

Humano diz:
O fato é que também não tô mas a fim de ser guerreiro querendo transformar tudo através da razão...
com discurso e tal...

“ you give a little love and love comes back to you...”

faz um tempão que tô praticando isso e é verdade, "você da um pouco de amor e o amor vem de volta pra você...”
e é impressionante como acaba influênciando todo mundo...
aí vc cria um ciclo do bem...e como vai dando certo, vai se espalhando...

Lulu diz:
e isso nada tem haver com recompensa...é outra coisa...
“It is what it is”
nós vamos, inevitevelmente, para o lugar - do fundo do coração - onde escolhemos ir!
e sim, somos capazes de morrer por isso!
e é aqui dentro que a gente escolhe...mtas vezes, sem nem saber que escolheu,
a única coisa que a gente sabe...sabe não...sente,
é a força da escolha...que a gente já fez...e há mto tempo!

Humano diz:
“you give a little love and love comes back to you...”



Categoria: EspelhoEspelhoMeu
Escrito por Lulu às 14h11
[   ] [ ]




...

O choro eh o banho gelado de cachoeira
que os olhos emprestam ao corpo por dentro,
quando a alma precisa!



Categoria: TocaDoCoelho
Escrito por Lulu às 15h56
[   ] [ ]




...

De tanto andar na corda bamba...
Como se estivesse à beira do abismo...
Acordou do seu proprio sonho...
E aprendeu a voar...
Até hj...
Não se sabe...
Se alguém nascia...
Ou se alguém morria...



Ou ainda...
Se alguém apenas...
Continuava a sonhar!



Categoria: BemTeVi
Escrito por Lulu às 21h31
[   ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  PegueiPraMim
  EspelhoEspelhoMeu
  TocaDoCoelho
  EraUmaVez
  BemTeVi
Outros sites
  Somente a Verdade
  Sonho no Sonho por Sahid
  Pinóquios
  Universo Líquido por Kali
  Latência por Valentina & Li
  Cm³Cerebrais por Dani Weiss
  Escritxos por Daniel Seda
  Vermelho Caju por Juli
  Renan Rosa por ele mesmo
  Papo Palavras por Nilson Muniz
  RPG na Matrix por Furion, Li & Valentina
  O Siriri por Marcelus
  Caleidoscópio por Elenice Mori



O que é isto?